ProMulher, da USP, oferece tratamento gratuito para gestantes e puérperas com depressão, ansiedade e transtorno bipolar

O ProMulher (Programa Saúde Mental da Mulher), do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (IPq-HCFMUSP), tem vagas para tratamento psiquiátrico gratuito de mulheres gestantes e puérperas (até seis meses após o parto), maiores de 18 anos, que apresentam sintomas de depressão, ansiedade ou transtorno bipolar.

Serão oferecidos gratuitamente, durante o período da gestação e até 1 ano após o parto, acompanhamento médico psiquiátrico, orientações psicoeducacionais e, se necessário, psicoterapia e medicação. O tratamento será presencial, às segundas-feiras, no Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas, na rua Doutor Ovídio Pires de Campos, 785, Cerqueira César, na região central de São Paulo. Os inscrições devem ser feitas por email para encaminhamentopromulher@gmail.com.

Na triagem, os principais sintomas detectados pelos médicos nessa mulheres serão: diminuição de energia, insônia ou hipersonia, diminuição do prazer, baixa vontade de realizar atividades ocupacionais, domésticas ou do trabalho, isolamento social (independente do contexto da pandemia), desânimo, preocupação excessiva, aumento da irritabilidade e crises de ansiedade ou de pânico. Em casos mais graves, pode ocorrer ideação suicida ou mesmo tentativas de suicídio.

O ProMulher informa que o tratamento será somente psiquiátrico, sem incluir o acompanhamento obstétrico.

De acordo com o Ministério da Saúde, a depressão pós-parto acomete mais de 25% das mães no Brasil. A prevalência desse distúrbio no país é maior do que a estimada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) para países de baixa renda, em que 19,8% das parturientes apresentaram transtorno mental, em sua maioria a depressão.

Os primeiros sintomas da doença podem aparecer ainda na gestação ou logo após o parto, quando a mulher enfrenta grande alteração hormonal. A privação do sono e a dificuldade em atender as necessidades do bebê também podem complicar o quadro.

Coordenado pelo psiquiatra Joel Rennó Junior, o ProMulher é direcionado a mulheres de 18 a 59 anos e trata especificamente os transtornos psíquicos nas diferentes fases do ciclo reprodutivo feminino, sendo o transtorno disfórico pré-menstrual (TDPM), que é uma forma grave de tensão pré-menstrual, um dos principais enfoques, bem como comprometimentos psiquiátricos da gestação e pós-parto (ansiedade e depressão), do climatério e menopausa. Em parceria com o Serviço de Psiquiatria da Infância e Adolescência atende também adolescentes grávidas com problemas psíquicos.

Tratamento gratuito para gestantes e puérperas do ProMulher
Onde Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas, rua Doutor Ovídio Pires de Campos, 785, Cerqueira César, na região central de São Paulo
Quando às segundas-feiras
Inscrições para encaminhamentopromulher@gmail.com